PCA Engenharia, Lda.
Nova Ponte sobre o Rio Tejo no Carregado
 
ApresentaçãoObjectivosHistorialContactos
Projectos
> Empreendimentos
Alteração de vão de obra ferroviária
Alteração de vão de uma obra ferroviária sem interrupção de tráfego -
PS 411 no Sub-troço Feira/Carvalhos da Auto-estrada do Norte
 
O alargamento da Auto-estrada do Norte para 2x3 vias, prevendo-se um futuro alargamento para 2x4 vias, obrigou a uma intervenção na Passagem Superior que permite o cruzamento com a Linha do Vouga, por forma a aumentar o vão central de 34 m para 45 m, sem interrupção de tráfego na auto-estrada, nem na via férrea.
 
A obra existente era constituída por um tabuleiro nervurado de três vãos, com 7.0 m de largura, em betão armado pré-esforçado, com pilares de secção cilíndrica.
 
A solução desenvolvida aproveita integralmente o tabuleiro e encontros da obra existente, alterando-a pela eliminação dos pilares existentes, substituídos por uma nova estrutura de apoio. Esta nova estrutura é composta por uma carlinga pré-esforçada monolítica com o tabuleiro que transfere a reacção de apoio intermédio do tabuleiro para duas vigas longitudinais também em betão armado pré-esforçado. Estas vigas são implantadas nas extremidades das consolas do tabuleiro, sendo apoiadas em dois pares de fustes de secção elíptica e fixas no tardoz dos encontros através de ancoragens definitivas no solo que contrabalançam a carga aplicada na consola.A geometria das peças a betonar e o facto de se implantarem sob o tabuleiro existente, portanto com difíceis condições de betonagem, levou à opção pela utilização de betão autocompactável.A transferência de carga para a nova estrutura foi efectuada com recurso a um sistema de macacos hidráulicos aplicados sobre torres metálicas e um rigoroso controlo de deformações que permitiu elevar ligeiramente o tabuleiro antigo, efectuar o corte dos pilares através de fio diamantado e em seguida desactivar lenta e gradualmente o sistema hidráulico transferindo a reacção para a nova estrutura.
 
Refira-se que toda a construção, incluindo a operação de transferência de carga foi efectuada sem qualquer interrupção de tráfego.    
 
Cliente: Brisa, Auto Estradas de Portugal, SA
Projecto: 2005; Entrada em serviço: 2006